Comércio Exterior

Links

  • Suporte ao Exportador

Imagem

http://exporthelp.europa.eu

Em funcionamento desde 2004, o portal Export Helpdesk, facilita o acesso de empresários de países em desenvolvimento aos mercados da União Européia (UE).

O site fornece, gratuitamente, informações úteis e abrangentes, tais como requisitos para importação, impostos e regimes especiais da UE; e regras de origem e as condições específicas que as mercadorias devem preencher para se beneficiar de tratamento preferencial naqueles mercados.

De fácil utilização, o portal Export Helpdesk está disponível em Português.

Imagem

http://www.portaldoexportador.gov.br/

Portal desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que divulga, de forma clara, simples e direta, as informações básicas sobre o tema exportação. Apresenta os principais termos, mecanismos, legislações, eventos e atividades que possam ajudar as empresas brasileiras no processo de alcançar novos mercados. 

Imagem
http://www.vitrinedoexportador.gov.br/

Sistema de consulta aos dados de todas as empresas exportadoras brasileiras, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, com o objetivo de promover os produtos brasileiros no mercado internacional. Por meio de módulos específicos, importadores potenciais em outros países poderão pesquisar informações de mais de 25.000 empresas, pelo nome da empresa, por produto ou por mercado. Disponível em português, inglês, francês e espanhol.

Imagem
http://www.aprendendoaexportar.gov.br/

Ferramenta de capacitação à exportação elaborada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em parceria com a APEX-Brasil e com o apoio de entidades representativas de setores produtivos, disponibilizando um amplo conjunto de informações relacionadas a setores produtivos com potencial exportador. Já disponíveis os módulos referentes a: Móveis, Alimentos, Confecções, Calçados, Flores e Plantas Ornamentais, Máquinas e Equipamentos e Artesanato.

Imagem
http://www.brazil4export.com/

O Catálogo de Exportadores Brasileiros é um serviço prestado pela Confederação Nacional da Indústria - CNI que traz informações atualizadas sobre empresas exportadoras, facilita a prospecção de negócios e possibilita o estabelecimento de canais de comunicação entre exportadores e importadores. Editado em três idiomas (inglês, português e espanhol)

Imagem
http://www.redeagentes.gov.br

O Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior - Redeagentes é o resultado de uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC, o Ministério do Trabalho e Emprego - MTE, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI e a Agência de Promoção de Exportações -APEX. O principal objetivo do projeto é difundir a cultura exportadora e orientar as empresas de pequeno porte sobre os procedimentos relacionados à exportação.

Dentro do objetivo de difusão da cultura exportadora são realizados treinamentos gratuitos para capacitação de formadores, de agentes de comércio exterior e de empresários de pequeno porte. Os agentes de comércio exterior, após o treinamento, são integrados em uma rede baseada na Internet, a Redeagentes. A partir desta rede, passam a contribuir no processo de divulgação da cultura exportadora e a prestar orientações ao setor empresarial de pequeno porte sobre como exportar.

Imagem
http://www.encomex.desenvolvimento.gov.br

Os Encontros de Comércio Exterior - ENCOMEX consistem em um projeto desenvolvido pela Secretaria de Comércio Exterior - SECEX, com o intuito de estimular maior participação do empresariado brasileiro, em particular do micro e pequeno, no contexto internacional, levando informações de relevância acerca da estrutura, do funcionamento, das regras básicas do intercâmbio comercial brasileiro, dos mecanismos de apoio à exportação, das oportunidades de negócios com o exterior, contribuindo com a divulgação da cultura exportadora.

Os ENCOMEX abrangem, ainda, Despachos Executivos, ou seja, oportunidades de entrevistas individuais dos participantes com os técnicos da SECEX, bem como com os representantes de outros órgãos ou entidades participantes do evento.

Paralelamente ao evento, realiza-se um Balcão de Serviços sobre comércio exterior, composto por vários estandes em que diferentes agentes ou entidades comerciais (empresas, bancos, fundações, etc.) têm a oportunidade de apresentar e promover os serviços que podem oferecer ao mercado de potenciais exportadores. Trata-se, portanto, de efetiva oportunidade para aqueles que de alguma forma estão envolvidos ou pretendem envolver-se no processo exportador, dirimirem dúvidas, atualizarem informações ou mesmo reunirem conhecimentos básicos sobre comércio exterior.

Imagem
http://www.correios.com.br/exportafacil/

Para facilitar o acesso de empresas de pequeno, médio e grande portes ao mercado externo, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) dispõem do Exporta Fácil, um serviço de remessa internacional que envia mercadorias até o limite de US$ 10 mil. Não há restrições de quantidade de pacotes, desde que, individualmente, não ultrapassem 30 quilos. Basta preencher um único formulário de exportação - disponível até na internet - e entregar o documento em uma das 4.400 agências habilitadas em todo o país. Os Correios cuidam do desembaraço alfandegário no Brasil, com a emissão do Certificado de Exportação, que retorna ao exportador em qualquer lugar do país, ou seja, ele não precisa se deslocar até as cidades que disponham de autoridades alfandegárias para liberar as remessas.

Imagem
http://www.inmetro.gov.br/barreirastecnicas/index.asp

O Ponto Focal de Barreiras Técnicas às Exportações é um serviço oferecido pelo INMETRO, O Alerta Exportador!, que informa seus usuários, sistematicamente, sobre as propostas de regulamentos técnicos apresentadas à OMC. Adicionalmente, o Ponto Focal fornece informações sobre a regulamentação vigente em cada país, atendendo as consultas formuladas por exportadores brasileiros.

Oferece os seguintes serviços: Interlocução com os exportadores brasileiros através das denúncias de eventuais barreiras técnicas recebidas pelo "Denuncie Barreiras Técnicas!"; Disponibilização das notificações sobre regulamentos técnicos e procedimentos de avaliação da conformidade da OMC, por meio do "Alerta Exportador!" a todos os interessados, proporcionando a aquisição do texto completo da notificação; Análise dos comentários às notificações feitas pelos exportadores; Acumulação, classificação e ordenamento das informações recebidas; Publicação de manuais e cartilhas sobre Barreiras Técnicas às Exportações; Participação em eventos relacionados com o comércio exterior; Realização de palestras e treinamentos barreiras Técnicas; Disponibilização de artigos e textos relativos a comércio exterior.

Imagem
0800 978-2332

"Fala, Exportador" é o canal direto entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC e o empresariado. O número telefônico exclusivo (0800 978-2332) é voltado, principalmente, para pequenos e médios empresários que estão ingressando no processo exportador ou têm intenção de iniciar suas vendas no mercado externo.

O empresário que ligar para o serviço será atendido por uma pessoa que registrará sua dúvida e tentará respondê-la de imediato. Caso a pergunta não possa ser esclarecida pelo atendente, esta será encaminhada para os técnicos da Secretaria de Comércio Exterior do MDIC e em, no máximo, três dias, a resposta será direcionada ao empresário. O sistema é gerenciado pelo MDIC, em parceria com o SERPRO.

Imagem
https://www.comercioexterior.serpro.gov.br/drawback/

O Drawback Web é a versão para Internet do Drawback Eletrônico. Ambos os sistemas foram desenvolvidos pela Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO). Encontra-se disponibilizado todo o processamento (solicitação, alteração e baixa) do Ato Concessório de Drawback na modalidade de suspensão dos tributos. O Drawback Web, da mesma maneira que o Sistema Drawback Eletrônico, permite o acompanhamento do Ato Concessório, das Declarações de Importação (DI) e dos Registros de Exportação (RE) a eles vinculados. O Sistema de Drawback Eletrônico, além de conferir maior segurança ao controle das operações, constitui notável avanço no processamento operacional do Regime de Drawback, proporcionando maior agilidade, eficiência, e, sobretudo, redução de custos administrativos e operacionais para as empresas.

Seu Guia para Exportar
http://www.aladi.org/tourexp/tourp.htm

Composto de sete capítulos bem diferenciados, "Seu Guia para Exportar - ALADI" é uma ferramenta prática por meio da qual as empresas terão acesso, entre outras informações, a elementos que contribuem para fortalecer a tomada de decisões que determinam se é viável a venda de um produto com o qual se pretende conquistar mercados internacionais. Além dos fatores que intervêm no processo de exportação, o serviço incluirá links com informações relativas a feiras, encontros empresariais, tarifas, diretórios de importadores e exportadores, normas gerais de importação, normas reguladoras do comércio exterior e estatísticas de comércio

  • Sistemas de Informação de Estatísticas 

Imagem http://aliceweb.desenvolvimento.gov.br/  

O Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior via Internet, denominado ALICE-Web, da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), foi desenvolvido com vistas a modernizar as formas de acesso e a sistemática de disseminação dos dados estatísticos das exportações e importações brasileiras. Estão disponíveis para consulta as seguintes informações, tanto para a exportação quanto para a importação, nos períodos de 1989 a 2005:

  • Mercadoria;
  • País;
  • Bloco Econômico;
  • Unidade da Federação (Estados e Distrito Federal);
  • Via de transporte; e
  • Porto.

Imagem http://radarcomercial.desenvolvimento.gov.br/

Desenvolvido pela Secretaria de Comércio Exterior - SECEX, em parceria com a APEX-Brasil, o Radar Comercial é um instrumento de consulta e análise de dados relativos ao comércio exterior do Brasil e dos principais países do mundo, que tem como principal objetivo auxiliar na seleção de mercados e produtos que apresentam maior potencialidade para o incremento das exportações brasileiras.

Através de um sistema de busca e cruzamento de dados estatísticos nacionais e internacionais, o Radar Comercial permite a identificação de oportunidades comerciais - produtos ao nível de seis dígitos do Sistema Harmonizado (SH-6) - em um universo de mais de 50 países, que representam aproximadamente 90% do comércio mundial.

As informações poderão ter como foco um determinado mercado (país) ou o mundo. As buscas poderão ser conjugadas - a critério do usuário, dentro de um conjunto de opções disponíveis -, de modo a permitir a comparação de mercados e de variáveis relativas aos produtos.

 

Imagem http://www.braziltradenet.gov.br

A BrazilTradeNet é o portal de comércio exterior do Ministério das Relações Exteriores. Os usuários da BrazilTradeNet acessam gratuitamente oportunidades comerciais, pesquisas de mercado e informações sobre eventos no Brasil e no exterior. Entre outras ferramentas, está o TradeMap (http://www.trademap.org/), uma das fontes de pesquisa gratuitas deste portal. O TradeMap é uma ferramenta de análise de mercado que cobre mais de 5.300 produtos, comercializados por mais de 180 países. Foi desenvolvido pela Seção de Análise de Mercados do International Trade Center e oferece acesso à maior base de dados sobre comércio exterior do mundo. Apresenta indicadores de desempenho de exportação, demanda internacional e mercados alternativos. Permite, ainda, a análise do papel da concorrência, seja do ponto de vista de determinado produto, seja de um país.

Voltar